Pesquisar

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Anna e o beijo Francês

Esse livro foi cortesia da nossa super parceira Editora Novo conceito. os elogios começam pela capa, que é belíssima, até as descrições preciosas feitas de Paris. é sem dúvidas, um livro encantador.

A obra de Stephanie Perkins, canta a história de Anna Oliphant, a jovem de Atlanta, que graças a seu pai, um famoso escritor, vai parar em um internato em Paris. O que definitivamente não a agrada nem um pouco. Mas as coisas começam a ficar menos árduas, quando Anna consegue se encaixar em um grupo de amigos, onde um em especial, ganha-lhe imediatamente, é Étienne St. Clair. O americano com sotaque britânico que mora na França, tem belos cabelos, uma linda namorada e se torna o melhor amigo de uma certa jovem que veio de Atlanta. 



Anna é quem narra a história, a princípio as reclamações dela começaram a cansar, alguns pecados cometidos na tradução do livro, e o fato da autora deixar alguns diálogos confusos, não deixando claro quem ta falando,  também acenderam um pisca alerta, mas tornaram-se pontos absolutamente irrelevantes quando avaliado a obra por um todo. Perkins conseguiu me envolver quando fugiu do obvio, ela não focou no casal protagonista e deixou o resto de fora, e foi o que eu tinha esperado quando me deparei com uma adolescente contrariada e apaixonada pelo amigo comprometido narrando a própria história, mas absolutamente isso não aconteceu. A autora cede espaço para os personagens secundários, e Anna não se torna uma obcecada chata, ela amadurece, começa a se encantar por Paris e essas são as melhores partes do livro. As descrições da cidade mais romântica do mundo. É  fantástico.  Outro ponto muito positivo e envolvente é o modo como a relação entre St Clair e Anna vai se estreitando gradativamente, eles vão se conhecendo a cada capítulo, se aproximando, brigando, fazendo as pazes e seguindo todo um percurso até que possam afirmar o sentimento que nasceu entre eles. 
Além de Paris, personagens secundários, um amor que se desenvolve a cada página, ainda tem outro ponto muito relevante, que eu aprecio muito em um romance. Anna e St Clair antes de tudo são dois adolescentes trancados num internato e apesar da história tratar de um amor faceiro que os une, a autora não escreve como se a vida deles fosse só aquilo, cada um tem seu drama particular, seus medos, seus problemas, alegrias, amigos e por ai vai. E é exatamente isso que os torna tão reais ao mesmo tempo que são tão fantásticos, e por isso ainda mais cativantes.


livro super recomendado, uma narração leve, malandra, e apaixonante. 





6 comentarios:

De tantas boas resenhas como a sua, esse livro está cada vez mais chamando a minha atenção.
A história faz bem o meu estilo e tô vendo que vou me enovlver e terminar a leitura dele logo, logo!

Parabéns pela resenha!
Ela não é longa, nem cansativa, aborda o livro sem entregar o conteúdo.

Gostei de verdade!

Beijinhos

Daniela / @daride

Daniela, muito obrigada pelo comentário e pelo elogio. fico muito feliz que tenha gostado. beijoss

Nossa... não tinha curtido muito o nome e a capa (sabe como é sou garoto), mas a resenha mudou minha opinião. Muito bom mesmo. ^^

Oiiii ^^ Ah eu to louca pra começar a ler esse livro *-* mal posso esperar! Assim que acabar O vale dos Anjos, começo ele *-* Parece ser TÃO LEGAL! HAOEDIHAOISE. AMEEEEI' Sua resenha só me deixou com maiis vontade ainda de lê-lo logo =DD

Beijo, nanda
www.julguepelacapa.blogspot.com

Participe : QUERO GANHAR O LIVRO QUERIDO JOHN DO BLOG PSIUTEAMO.BLOGSPOT.COM http://psiuteamo.blogspot.com/

Acho que foi a primeira resenha desse livro que me deixou com um pouquinho de vontade de lê-lo.
Todas as outras me faziam pensar nele como beeem pré-adolescente, e eu não to mais na idade de ter paciência com livros assim.
Acho que até o título demonstra isso, sei lá.
Não simpatisei com ele não.

Beijos
http://letraslivros.blogspot.com

Postar um comentário